Introdução

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Introdução

Mensagem por Alan_Vitor em Ter Set 01, 2015 5:08 pm




Os raios de sol iluminavam a grande cidade, ora queimavam a pele dos trabalhadores do campo, ora reluziam as pedras das jóias dos mercadores da cidade e davam uma alegria ao mercado naquela tarde. Uma mulher caminhava pelas ruas do mercado passando direto por todas as “lonas”, mas seus olhos examinavam tudo que eram expostos à venda, percebendo isto muitos mercadores anunciavam para ela produtos que poderiam ser de seu interesse, uns lhe gritam como ela ficaria bela com um vestido daquele tecido fino trazido por uma caravana de mercadores de uma terra muito distante, outro como ela ficaria reluzente se provasse daquela fruta rara trazida á navios de uma ilha difícil de chegar, mas ela continua a caminha sem se importa com estes produtos, com seus olhos parecia querer tudo, com sua atitude parecia querer nada, vendo isto um velho e baixinho mercador, olhou em sua direção ao se aproximar de sua tenda e com um sorriso simples lhe disse.
- Tenho a venda àquilo que você procura.
A mulher parou, e olhou em sua direção com uma expressão de duvida, mas aquilo aos olhos do mercador foi mais que suficiente, mais que suficiente para lhe abrir um sorriso e pensar. – Ela caiu!
A mulher se aproximou de sua tenda e antes que ela pensasse em como aquilo tinha sido um blefe o mercador se adiantou, lhe mandou um olhar de cima a baixo examinando qual produto ele poderia oferecer que outros mercadores ainda não tinha o feito, o que ali poderia ser de seu gosto? Ele observando percebeu um colar em seu pescoço com uma pedra verde, uma esmeralda na certa, pensou, então pegando uma caixa em baixo de sua tenda deu inicio a expor seus melhores produtos.
- Tenho aqui este magnífico anel com uma esmeralda, combinaria perfeitamente com seu colar, e com seus olhos.
- Não me interesso por pedrinhas que combinem se e só isto que tem a oferecer então me deixe...
- Oh não! Citei o anel apenas por citar, para você eu tenho algo muito melhor que este anelzinho, eu tenho um...
- Um?
- Um... – O mercador rapidamente pensou, pelo seu modo de falar ela não era uma dama que tem interesse por jóias ou roupas, ela era diferente, então o que ela poderia desejar? Em uma rápida 2º olhada agora com ela mais próxima ele notou por ela estar de lado a ele, perto de sua cintura a guarda de uma espada, então era isto, ela era uma guerreira? Neste caso... – Tenho um escudo, feito de um raro metal, forjado por anões nas colinas de ferro que já pertenceu ao...
- Não compraria uma arma que não fosse na mão de um forjador e um de confiança, e mesmo que o fizesse, não me interesso por armas tão defensivas.
Neste momento ela ficou de frente a ele, então o mercador notou no outro lado de sua cintura a guarda de outra espada, igual a 1º, e examinando mais a fundo notou que era uma guarda pequena, e as bainhas das duais também eram pequenas e iguais, percebendo isto uma idéia lhe veio à mente, uma que poderia não dar certo... Mas e se...
- Então senhor, pelo visto não tem o que eu procuro, com sua licença – e se virou, porem antes de dar o 1º passo.
- A senhorita gosta de lutar? – perguntou o mercador com um leve sorriso de canto de rosto.
Ela parou e sem se virar respondeu.
- Bom... Muitos gostam de lutar, mas acho que lutas não estão a venda.
- E gostas das técnicas e mistérios das espadas gêmeas? Senhorita especialista em lâminas curtas.
A mulher se virou e com a mesma expressão de curiosidade que fez ao parar na tenda há pouco tempo atrás, ela parou e esperou que ele continuasse a falar.
- E você gosta de boas historias? De conhecer lugares e terras distantes? E acima de tudo, de saber que isto não e algo fantasioso e sim total e puramente real?
- Não acho que exista um item que possa comprimir todas estas coisas senhor...
Então o mercador abaixou uma de suas mãos e tirou de debaixo de sua tenda um livro, um velho livro de capa marrom e olhando nos olhos agora brilhantes da mulher ele disse em tom alto, como se fala-se com uma grande e distinta platéia.
- Se você e um guerreiro de sangue quente e adora uma boa luta, se você e um especialista e gosta da sua classe de armas, se você e um aventureiro e adora saber sobre povoados e terras distantes ou se você e apenas um pacífico bardo e adora uma boa historia então se preparem, pois tudo isso e um pouco mais poderá ser encontrado neste livro, o diário de um andarilho. O diário de Allan Victor End.
avatar
Alan_Vitor
Soldado

Batalha Cênica Salvador Mensagens : 51

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum