Parte V - 30 de setembro

Ir em baixo

Parte V - 30 de setembro

Mensagem por Filipe Kurono em Ter Set 30, 2014 7:42 pm

Remetente:
Grão Comendador: Filipe Alexandre Kurono
Região: Fronteiras das Terras Sem Fim

Destino:
Plebeu, Nobreza, Realeza
Reino De São Salvador


Depois de pegar uma caravana nas terras das dunas, consegui sair de lá em pouquíssimo tempo e com água de sobra. Logo que avistei os pântanos soube que os limites das terras sem fim estavam próximos. Estive ansioso para rever o meu antigo ducado, poder explora-lo de novo, porem com um angulo totalmente diferente.
Uma das caravanas que veio comigo foi saqueada por diversos Gremlins. Tinha esquecido completamente dessas criaturinhas traiçoeiras. Sorte a minha meus objetos e alimentos ainda estarem no seu devido lugar. Com remoço desses comerciantes e suas famílias dei a eles algumas peças de prata pelo agradecimento a terem me levado até aquela região e também um pouco a mais para que eles pudessem repor tudo o que lhe foram roubados.
Estive preparado para encontrar minhas novas aventuras, mas nunca imaginaria que logo na minha primeira noite eu encontraria eles... Pelos Deuses antigos, eu preferiria enfrentar diversas Cocatriz e lutar de olhos fechados para não ser petrificado naquela região, porem o que vi foi um pequeno grupo de Lizzards. Houve um tempo, que aquela região foi dominada por esses seres e mantendo seu reinado através da magia antiga e também o ocultismo, essas criaturas são seres extremamente ranzinzas, agressivos, reclusos e extremamente perigosos.
No entanto quando eu os avistei eu logo me escondi e não fui notado por esse pequeno grupo, então aproveitei para saber mais informações sobre eles e os segui pântano a dentro, onde os Lizzards logo pararam e me fazendo tremer de medo, pensei que tinha sido descoberto naquela hora, porem eles pararam em uma círculo de pedras muito antigas.
Uma das criaturas estava com um livro, e os demais foram ficar alinhados com as pedras, eu tive que chegar ainda mais perto, minha presença ainda não tinha sido descoberta, foi quando na minha aproximação ouvi o Lizzard que estava com o livro falando em uma linguagem que não pude entender, mas percebi que as palavras estavam provocando uma magia bem forte na área, porém não era uma magia que se podia dizer que era maligna ou até mesmo boa, porem era magia primordial, isso era fato, e outro fato era que eu não poderia deixá-los continuar, então me aproximei com muito cuidado até o máximo que meus instintos me guiariam e logo que me aproximei do limite eu avancei com um ataque a criatura que possuía o livro e inseri minha espada de aço negro na barriga dela, e lhe roubei o livro, fugi em disparada, uma oportunidade daquela eu não iria ter em um combate contra elas sozinho, elas teriam a oportunidade de me fatiar em questão de pouco tempo se eu tivesse ficado, porem certamente eu levaria mais um comigo. Porem naquele momento meu objetivo não era esse, eu tinha que levar aquele livro até a cidade de Capolis VI e decifra-lo se eu conseguisse fugir dali.
Eu corri até o sol se levantar no horizonte, e não olhei para traz, eu conhecia a região, vivi um bom tempo por lá, conheço as colinas que deveria seguir sem encontrar perigos, mas foi quando encontrei a cidade de Castelo Branco
Certamente eu busquei esse refúgio nas terras do General do Reino de São Salvador

_________________
Grão Comendador Filipe Kurono!!!!!!!
avatar
Filipe Kurono
Guerreiro

Batalha Cênica Salvador Mensagens : 78

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum